Câncer de Tireoide no Homem: Como Evitar Desfechos Ruins e Derrotar a Doença

carcinoma tireoide homem

por Dr. Hugo Luz

 

Fortão e indestrutível?

Sim, sempre, claro!

Mas… quando nossa saúde está em jogo, nós homens podemos nos transformar em seres preocupados e medrosos em um piscar de olhos.

 

câncer tireoide homem

 

Não lidamos muito bem com a dor, por exemplo, apesar de parecermos aparentemente mais fortes.

Ficamos bem mesmo é na nossa paz, tomando uma cervejinha com amigos, falando de esportes ou relaxando com a família.

 

Por isso, quando o assunto é a nossa própria saúde, ou mais especificamente, sobre alguma doença que possa ameaçar nossa tranquilidade, costumamos perder o chão.

 

Como cirurgião de cabeça e pescoço e homem, procuro me colocar no lugar dos meus pacientes que passaram pela situação de descobrir um câncer de tireoide.

Não fomos fabricados para ficarmos doentes, não é mesmo?

Desta forma, consigo me lembrar dos detalhes das histórias de cada paciente homem que me procurou por esse motivo.

Alguns pacientes merecem os parabéns redobrados, porque foram bem cautelosos indo atrás de prevenção e diagnóstico precoce, ao descobrirem a doença porque alguém na família já tinha tido nódulo na tireoide.

Outros diagnosticaram o nódulo ocasionalmente, muitas vezes com dimensões já maiores, mas também foram atrás da cura.

E, por último, vejo muitos homens em que a esposa é que notou o nódulo no marido!

Esta situação não está nos livros, mas no consultório é bem comum, comprovando como os homens são um tanto desligados com o próprio corpo.

 

 

homem tireoide

Ter mulheres ajudando a cuidar de nós é sempre um grande privilégio.

 

Procurei escrever este artigo sendo objetivo e prático em ajudá-lo a agir para evitar desfechos ruins em um tratamento, vencer uma eventual doença o mais rápido possível, e ao mesmo tempo evitar sequelas.

 

Seguem as principais perguntas que os pacientes me fazem. Confira já que elas podes ser coincidentes com as suas dúvidas.

 

  1. Tenho um familiar que descobriu um câncer de tireoide, o que devo fazer para me prevenir?
  2. Como suspeitar de um câncer de tireoide no homem?
  3. Descobri um nódulo na tireoide: e agora, doutor?
  4. Meu nódulo deu suspeito para câncer, o que devo fazer para me curar?
  5. Porque posso obter a cura mesmo quando uma metástase for detectada.
  6. Curiosidades sobre as diferenças do câncer de tireoide no homem e na mulher.

 

1. Fiquei sabendo de um familiar que descobriu um câncer de tireoide, o que devo fazer para me prevenir?

 

Sinal amarelo, atenção!

A medicina, a cada dia, vai avançando mais e mais como ciência.

Mas respostas para algumas perguntas demoram para surgir.

E a questão acima continua em discussão.

Porém, já sabemos, por exemplo, que para um determinado tipo bem específico de câncer de tireoide, os genes são repassados para a geração seguinte.

São casos bem restritos em que o especialista cuidadoso deverá alertar ao paciente sobre a busca de possíveis casos na família.

Nessas situações podemos saber de antemão, pela presença dessa determinada mutação genética, que a tireoide sadia de uma pessoa poderá desenvolver ao longo da vida, com praticamente 100% de certeza, um câncer de tireoide.

 

E essa informação, portanto, permite que o cirurgião de cabeça e pescoço atue antes mesmo do câncer aparecer!

 

 

tireoide homem prevenção

A prevenção é o melhor que a medicina pode nos oferecer. Já é possível evitar alguns tipos de câncer de tireoide.

 

Para outros tipos de câncer, a chance de mais pessoas na família apresentarem a doença é cerca de 20%, o que é um risco bem maior, se comparado à população em geral.

Assim, para meus pacientes nesse grupo, busco uma maior vigilância dos familiares de primeiro grau.

 

Esta ação ocorre no campo ideal da detecção precoce e aumento da cura.

 

A maioria dos cânceres de tireoide nos estágios iniciais têm um comportamento de crescimento mais lento.

Isso nos permite, quando o paciente está tendo o acompanhamento adequado com um bom ultrassonografista e em uma periodicidade adequada, buscarmos o tratamento sempre no melhor momento.

Por isso a importância de um especialista atualizado e cuidadoso, que possa examiná-lo e ajudá-lo a decidir sobre a realização dos exames.

Caso seja necessário fazer uma ultrassonografia da tireoide, procuro sempre ajudar meus pacientes a escolherem um radiologista experiente focalizado em exames da tireoide e do pescoço.

 

Este é um detalhe diferencial que costuma fazer toda a diferença no refinamento da vigilância da doença e, consequentemente, nos resultados.

 

2. Como suspeitar de um câncer da tireoide no homem?

 

Se, por um lado, as mulheres têm feito o ultrassom da tireoide dentro do check-up preventivo do ginecologista com grande frequência.

Na contra-mão desta tendência, é muito mais raro que os médicos solicitem a ultrassonografia preventiva de tireoide para homens.

 

prevenção câncer tireoide homem

 

Por outro lado, sabemos que o câncer de tireoide atinge mais mulheres do que homens, chegando até uma proporção de 7:1 em alguns estudos.

Isto é, o câncer de tireoide é muito mais raro em nós homens e também procuramos menos o diagnóstico inicial.

Somando a essas observações, consegue perceber o potencial de perigo?

Uma analogia interessante seria com um lutador confiante com a guarda baixa na maioria do tempo. Se o golpe do adversário o atingir, ele será muito mais danoso.

 

Mas se os homens não fazem exames rotineiros de check-up da tireoide, como desconfiar de um câncer a tempo de um tratamento adequado???

 

Pois é… essa é a pergunta crítica que a medicina deveria responder.

Não acredito que esperar que um tumor se torne grande o bastante para que alguém perceba ou descobrir através de uma metástase seja o melhor caminho.

Isso nunca deveria ser assim definitivamente.

Enquanto a ciência busca desvendar esse dilema, vou explicar melhor a minha visão sobre a questão.

Quando penso como médico especialista no consultório, tenho uma avaliação individualizada do ser humano, caso a caso.

 

Esse modo personalizado de enxergar as pessoas é bem diferente da maneira que os médicos que organizam políticas públicas as vêem.

 

Para se comprovar uma conduta médica e recomendá-la para todas as pessoas de uma determinada população, a ciência testa sua hipótese em estudos complexos que podem levar décadas.

Esses trabalhos científicos misturam pessoas com doenças em vários estágios e tipos, bem como médicos especialistas e generalistas de formações diversas e atitudes diferentes.

Logo, a conclusão genérica da pesquisa não serve necessariamente para um indivíduo com suas peculiaridades.

Penso que nossa saúde é algo extremamente precioso, e cada um sabe o valor que ela tem.

Desta forma, apesar dos estudos populacionais balizarem sim o comportamento geral dos médicos, na minha visão pessoal como especialista, entendo que devo cuidar dos meus pacientes de forma personalizada.

Ou seja, no consultório ouço e examino a todos, um a um, e peço os exames auxiliares sempre que julgo necessário.

Mas você deve estar se perguntando o que eu aconselharia aos homens para se prevenirem de um câncer na tireoide.

Claro que o cirurgião de cabeça e pescoço tem os dedos e os sentidos muito mais treinados para descobrir algo errado ao examinar o pescoço de uma pessoa.

Afinal, examinar a tireoide é uma atividade diária para nós cirurgiões de cabeça e pescoço.

 

Mas, por outro lado, sugiro que todas as pessoas busquem o conhecimento do próprio corpo e o cuidado constante com a saúde.

 

Logo, mesmo você não sendo um médico, pode sim desenvolver a habilidade de se auto-examinar!

Vamos à prática? Que tal começarmos agora?

Neste momento nós homens levamos vantagem, porque o ponto de partida do exame, o gogó(zão), é muito mais fácil de ser localizado.

Palpe com calma no centro do seu pescoço e sinta o seu gogó, ou pomo-de-adão.

Como o homem tem a voz mais forte, você irá notar o arcabouço da cartilagem também mais exuberante.

Ela costuma ser volumosa e tem consistência endurecida, afinal é um escudo protetor das pregas vocais.

Localizou?

Na sequência você vai notar que ela tem uma proeminência, uma pontinha, com o formato aproximado de um “V”.

Descendo então atentamente os dedos a partir daí, você sentirá uma pequena depressão (uma membrana, que na medicina chamamos de membrana cricotireoidea).

Está quase chegando lá, falta pouco!

Abaixo temos um novo degrau, agora para fora, de uma outra cartilagem, em formato circular, bem endurecida. É a chamada cricoide.

Confira no mapinha abaixo a sequência visual até aqui.

 

palpação da tireoide nódulo

 

Atenção! Cuidado para não se confundir neste ponto.

É muito comum as pessoas palparem a cartilagem cricoide e a confundirem com um nódulo na tireoide!

Ocasionalmente vejo até mesmo médicos se equivocarem por aqui.

Portanto, preste atenção para não errar: a tireoide fica logo ABAIXO dessa saliência.

Aí sim é a região em que devemos ficar atentos à procura de um eventual nódulo.

E se você não palpar nada que chame atenção abaixo da saliência da cricoide, ótimo!

Tireoides saudáveis não costumam ser sequer palpáveis.

Outra manobra importante para melhorar o exame é engolir a saliva enquanto toca a região da tireoide com os dedos.

Como, ao deglutirmos, a tireoide faz um movimento de subir e descer, ao realizar essa manobra fica mais fácil de se sentir a existência de algum nódulo.

Mais uma dica é engolir um golinho d´água de frente a um espelho, inspecionando atentamente a área.

Aprendeu?

Espero que sim!

Lembre-se que se você realizar periodicamente seu auto-exame, melhorará sua acurácia.

Se você notar um nódulo na sua tireoide ou se ficar na dúvida, continue lendo para saber o que fazer.

 

3. Descobri um nódulo na tireoide, e agora?

 

Caso você tenha sentido um nódulo ao se auto-examinar ou através de um exame de ultrassonografia solicitado por um médico, o próximo passo é procurar um especialista em tireoide.

É normal sentirmos uma sensação de frio na barriga ao nos depararmos a uma situação nova e potencialmente ameaçadora.

Mas nessa hora é fundamental agir com equilíbrio e de forma prática.

Nos homens, o risco de um nódulo conter um câncer de tireoide é um pouco maior estatisticamente do que nas mulheres.

Por isso temos que ter mais cautela sim.

 

Mas, apesar deste dado, não se desespere, porque para os homens também funciona a regra: a maioria dos nódulos tireóideos são benignos.

 

cura câncer tireoide homem

 

Mas… e se for um câncer?

Não se desespere!

Mesmo quando os nódulos são malignos, se diagnosticados precocemente (ou até mesmo em estágios intermediários), são muito altas as chances de cura, claro que se bem operados e tratados.

Saúde é uma das essências da vida.

Logo, vá assim que puder a uma consulta tradicional. Ela é insubstituível.

A avaliação médica pela palpação da tireoide é essencial, e facilita a tomada de decisão.

Principalmente quando somada às informações dos antecedentes familiares de doenças da tireoide, exames de sangue e principalmente a um exame de ultrassonografia minucioso e bem feito.

 

Lado a lado conosco no consultório fica bem mais fácil passar a confiança necessária para realizar toda investigação e tratamento.

 

Quer se aprofundar no conhecimento?

Basta acessar o artigo específico sobre nódulos na tireoide no nosso Blog.

 

4. Meu nódulo deu suspeito para câncer, o que fazer para me curar?

 

É natural do ser humano ter medo, mas temos que aprender a dominá-lo e procurar usá-lo a nosso favor.

Ele deve ser útil para sermos ágeis na busca do tratamento,e nunca pode nos paralisar.

Sejamos práticos: é preciso ação de um lado e cabeça tranquila do outro!

Afinal, o câncer de tireoide é uma doença curável em mais de 92% dos casos, quando tratado adequadamente.

 

carcinoma papilífero tireoide

 

Existe um caminho em que as chances de cura são maiores.

Vamos persegui-lo?

O tratamento principal é mesmo a cirurgia da tireoide.

Por isso, se você tem uma indicação cirúrgica, deverá partir para um preparo visando que o procedimento seja bem sucedido.

 

A atenção aos detalhes, com a reavaliação por ultrassonografia focalizada para as cadeias de linfonodos cervicais é fundamental para se procurar logo de início uma cirurgia completa.

 

Durante a cirurgia da tireoide, temos uma série de detalhes que devem ser controlados a todo instante, relacionados à preservação da voz e das glândulas que controlam o cálcio do corpo, por exemplo.

Se desejar se aprofundar, tenho um artigo focalizado no entendimento do paciente sobre o preparo para a cirurgia da tireoide, basta clicar neste link.

Neste post é possível baixar um e-book exclusivo e completo com tudo o que o paciente deve saber para uma boa cirurgia e recuperação.

Seguindo abaixo a leitura, você verá que mesmo nos piores cenários, hoje a medicina tem excelentes soluções.

 

5. Porque posso obter a cura mesmo quando uma metástase é detectada.

 

Metástase é uma palavra que assusta.

Para desconstruir esse temor não costuma ser tão simples, mas estou aqui para ajudá-lo.

Você sabia que no carcinoma papilífero (que é o tipo mais comum de câncer da tireoide), mesmo quando o paciente tem metástases, ao se realizar o tratamento adequado, as chances de cura e de controle da doença são ainda bastante elevadas, ao contrário de outros tipos de câncer?

Quando rastreamos o pescoço à procura de nódulos nas laterais e na região abaixo da tireoide, eles podem ser encontrados com antecedência.

 

cirurgia câncer tireoide

 

E, por conseguinte, tratados de forma completa.

Isso porque nós cirurgiões de cabeça e pescoço realizamos um procedimento de limpeza do pescoço, quando isso é necessário.

É o chamado esvaziamento cervical.

Esvaziamento cervical… é isso mesmo?!?

 

Exato, essa cirurgia consiste em buscar remover sistematicamente, em um só bloco de tecido, as estruturas linfáticas (linfonodos e vasos linfáticos) onde pode haver disseminação do tumor.

 

Além disso, ao mesmo tempo e em paralelo, buscamos preservar todos os nervos, vasos sanguíneos e estruturas consideradas nobres no pescoço.

Quando somamos essa limpeza exaustiva do pescoço aos demais tratamento que dispomos hoje (para saber mais sobre a iodoterapia, acesse nosso post específico), obtemos na grande maioria das vezes o controle da doença e uma vida normal (incluindo futebol, cervejinha e tudo o mais!).

 

cancer de tireoide no homem

 

Claro, medicina não é uma ciência exata e a saúde de cada pessoa deve ser devidamente individualizada no tratamento, caso a caso.

 

6. Curiosidades sobre as diferenças do câncer de tireoide no homem e na mulher.

 

Nós homens temos muitas diferenças em relação às mulheres, mas talvez você nunca tenha se focalizado tanto a observar a região do pescoço.

Entretanto, basta concentrar sua atenção e observará que a disparidade do tamanho do gogó já chama a atenção.

Os fatores genéticos e hormonais justificam essas discrepâncias anatômicas.

 

O homem, por isso, tem o pescoço mais grosso e a tireoide localizada em uma posição mais profunda.

 

Logo, a cirurgia da tireoide no homem costuma ser um pouco mais trabalhosa para os cirurgiões de cabeça e pescoço.

Se a diferença anatômica é notável, por outro lado, as diferenças do câncer de tireoide entre os homens e as mulheres são mais controversas.

Mas algumas conclusões já foram tiradas.

Por exemplo, em relação à quantidade de casos, sabe-se que o câncer de tireoide é mais raro no homem.

Outra observação feita em estudos mundiais é que o câncer de tiroide costuma ser mais agressivo nos homens.

Qual seria a justificativa mais adequada?

Observamos que quando o câncer da tireoide aparece no homem, ele costuma ser detectado em tamanhos maiores, se compararmos à mulher.

 

Uma explicação plausível para o câncer de tireoide ser mais agressivo nas pessoas do sexo masculino é que os homens não fazem checagem de rotina da tireoide, e ao diagnosticarem a doença, o fazem em um estágio mais adiantado.

 

A medicina baseada em evidências não recomenda até hoje a checagem do pescoço de forma rotineira para pessoas assintomáticas (artigo publicado em maio de 2017 no JAMA, importante revista científica médica, link aqui).

Estudos populacionais ainda não embasam essa conduta.

Mas, novamente sinto-me na obrigação de reforçar minha opinião como especialista.

Basta ver o caso de uma única pessoa com câncer de tireoide que chega para mim em um estágio incurável, que imediatamente penso sobre como isso poderia ter sido diferente.

E inevitavelmente concluo que o único modo de evitar que isso aconteça é a nossa atenção e cuidado constantes com a própria saúde.

A ciência médica ganha mais informações e caminha para o dia em que conseguiremos evitar ou rastrear e tratar o câncer no momento ideal, assegurando total saúde e felicidade.

Isso vale para mim, tanto na posição de médico, como também de homem vivente nesse planeta Terra.

Resta-nos agora procurar fazer sempre o caminho melhor e mais tranquilo, evitando dúvidas e perturbações.

 

Para saber mais sobre o atendimento do Dr. Hugo Luz em Fortaleza, acesse aqui.

 

 

 

Posted on 29/06/2017 in Câncer de Cabeça e Pescoço, Tireoide

Share the Story

About the Author

Dr. Hugo Luz é médico e cirurgião de cabeça e pescoço pela USP (ingresso em 1998). Atua em Fortaleza-CE desde 2009 e busca focalizar seus esforços em bem-estar e saúde.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top